5 dicas de gestão para Clínicas de Fisioterapia

Uma boa gestão para clínicas de fisioterapia é a chave para se obter uma boa saúde financeira e, consequentemente, um crescimento contínuo. Por isso, neste artigo, vamos lhe dar 5 dicas para que a sua Clínica de Fisioterapia obtenha um crescimento saudável!

Diante de todas as variações dentro de um negócio, manter as finanças de uma Clínica de Fisioterapia nem sempre é uma tarefa fácil. Pois uma boa gestão para clínicas de fisioterapia consiste em gerir as despesas e receitas, estar atento a prazos de pagamentos e em meio a todas as tarefas, manter o caixa da empresa equilibrado.

Além do mais, para conciliar as atividades técnicas com as atividades administrativas é uma das maiores dificuldades do empresário/fisioterapeuta.

Para auxiliar, veja as 5 dicas práticas que podem ser seguidas para garantir uma boa gestão para clínicas de fisioterapia:

1. Gestão para Clínicas de Fisioterapia: fluxo de caixa

Uma empresa que não controla seu fluxo de caixa certamente está fadada ao fracasso! Sendo assim, é imprescindível que você tenha total controle das finanças de sua empresa.

Para isso, é necessário que você:

  • Faça o registro de todas as entradas e saídas;
  • Fique atento aos vencimentos de impostos, taxas, boletos, etc;
  • Controle os pagamentos e a inadimplência de seus clientes.

A partir deste controle, você passará a identificar os pontos como:

  • Principais clientes;
  • Principais produtos/serviços fornecidos;
  • Clientes inadimplentes;
  • Despesas que podem ser negociadas ou eliminadas

Com a visão dos pontos fracos e fortes, fica muito mais fácil melhorar a gestão para clínicas de fisioterapia. Essas informações vão lhe dar uma visão sobre em quais produtos, serviços e clientes você deve focar e quais você deve eliminar.

E o mais importante é que você terá uma visão financeira do seu negócio, podendo decidir sobre quando fazer investimentos ou eliminar despesas.

2. Finanças Pessoais x Finanças da Empresa

Não separar as finanças pessoais das finanças da empresa é um erro cometido pela maioria dos empresários no Brasil, principalmente quando se trata de pequenos negócios.

Consequentemente, essa desorganização representa um risco para o seu negócio. O mais importante para a gestão de clínicas de fisioterapia é fazer com que a empresa consiga manter em dia todos os seus custos fixos, além de manter uma reserva de emergência para manutenção de equipamentos, contratações e demissões.

Além disso, definir pró-labore fixo para os sócios, vai lhe ajudar a manter as finanças em ordem. O ideal é que o valor de retirada dos sócios seja fixo, mesmo que o faturamento do período tenha sido maior que o de costume.

Desta forma, você terá previsibilidade na gestão da sua empresa.

3. Gestão para Clínicas de Fisioterapia: software de gestão financeira

Como já vimos, uma boa gestão para clínicas de fisioterapia passa por controlar o fluxo de caixa, registrando todas as entradas e saídas do seu negócio.

Portanto, adotar um sistema de gestão financeira para seu negócio vai lhe trazer muita agilidade e visão para uma boa tomada de decisão.

Outro fator importante que pode ser resolvido por um sistema de gestão é a integração contábil. Enviar documentos para o escritório contábil é uma tarefa extremamente necessária e utilizar um sistema que permita o envio dos arquivos financeiros lhe trará agilidade e confiabilidade.

4. Emissão de Notas Fiscais notas fiscais

Embora muitos empresários não saibam, a emissão de notas fiscais é obrigatória para todos o estabelecimentos comerciais. Sendo assim, toda clínica de fisioterapia precisa realizar a emissão de nota fiscal para cada procedimento realizado. E é a partir da emissão da nota fiscal que os impostos são gerados.

Portanto, a empresa que não realiza a emissão de notas fiscais está cometendo sonegação fiscal. E em caso de sonegação fiscal, sua clínica pode sofrer penalidades como multas ou exclusão do Simples Nacional, por exemplo.

E para uma boa gestão de clínicas de fisioterapia, o controle de emissão de notas fiscais é essencial!

Conforme mencionamos acima, um sistema de emissão de notas fiscais pode lhe auxiliar na gestão de notas fiscais. Por isso, recomendamos que antes da contratação do sistema financeiro você verifique se o mesmo atendes a todas as necessidades de sua clínica!

5. Gestão para Clínicas de Fisioterapia: Cuidado com os prazos

Em primeiro lugar, quando falamos de prazos, não estamos nos referindo apenas aos boletos de fornecedores, alugueis e energia elétrica. Quando se trata uma boa gestão para clínicas de fisioterapia, estar atento aos prazos contábeis e fiscais é imprescindível.

Todas as empresas possuem obrigações com relação ao envio de informações contábeis ao governo. O atraso no envio destas informações acarreta em multas e em alguns casos, até mesmo na suspensão do CNPJ.

Outro ponto importante se refere ao pagamentos dos impostos. Manter os impostos em dia é essencial para uma gestão financeira saudável.

Por isso, contar com uma assessoria contábil especializada em clínicas de fisioterapia é essencial para o sucesso do seu negócio!

Conclusão

Em primeiro lugar, você deve assumir o controle financeiro da sua empresa, sempre com atenção e disciplina. Por isso, procure entender o que você pode ou não fazer com relação a gestão do seu negócio.

E em segundo lugar, esteja sempre em contato com sua assessoria contábil e procure sempre consultá-la antes de tomar qualquer decisão do ponto de vista financeiro e contábil, evitando erros e até mesmo prejuízos por falta de conhecimento sobre a legislação que envolve o seu negócio.