Qual o cliente ideal para minha empresa?

cliente idealEm tempos de crise, o consumidor tende a ser mais cauteloso. Quando a economia não vai bem, manter o movimento de clientes em uma loja se torna um enorme desafio. E mesmo com um cenário ruim, algumas empresas tem conseguido se sair bem.

Manter os clientes satisfeitos é importante. Mas mantê-los fiéis, se torna essencial em um momento ruim da economia. Por isso, mais do que nunca, é preciso investir na fidelização do cliente.

Mas antes de fidelizar o cliente, é preciso conhecê-lo profundamente, pois só assim, será possível oferecer os produtos e serviços que o cliente precisa. Por isso, separamos algumas dicas para que você descubra qual o perfil de cliente ideal para sua empresa.

Minha empresa pode vender pra todo mundo?

Uma empresa deve definir um perfil de cliente para entender que tipo de cliente é interessante para a empresa. Atender a todos os tipos de clientes pode ser um erro pois, dependendo do seu tipo de negócio, podem existir vários perfis de clientes totalmente diferentes.

Para uma oficina de automóveis nacionais, por exemplo, talvez não seja interessante consertar carros importados, devido à complexidade e ao tempo necessário para o conserto. Além disso, o fato de ser especializada em carros nacionais proporciona uma chance de erro maior ao consertar carros importados, o que gera insatisfação no cliente, que por sua vez, passaria sua insatisfação para seus amigos e geraria uma imagem ruim para a oficina.

Por isso, muitas vezes tentar atender todo mundo pode gerar um baixo índice de satisfação e por consequência uma propaganda negativa. E é aí que está a importância de se definir o cliente ideal.

Descubra qual o seu cliente ideal

Esteja atento ao movimento de compras da sua loja e observe qual o perfil de cliente você possui. Consumidores regulares mantêm um fluxo de caixa contínuo na sua empresa, o que facilita a manutenção da sua operação e reduz a sua dependência pelos compradores ocasionais — aqueles que irão aparecer apenas uma vez.

Verifique em quais os horários em que esses clientes vão á sua loja e que tipo de produtos ou serviços eles costumam comprar. Separe esses clientes por grupos e tente entender como se comportam.

Verifique as principais características:

  • Características demográficas: sexo, faixa etária, capacidade de renda;
  • Características geográficas: Cidade e bairro onde moram;
  • Características de consumo: volume de compras, frequência de compras, produtos que compra, formas de pagamento.

Após analisar todas essas informações, monte o perfil ideal de cliente para sua empresa. Vamos ao exemplo:

Cliente 1 – Maria

Costuma comprar sempre pelas manhãs, após levar o filho à escola. Costuma comprar produtos para o café da manhã e para o almoço. Compra todos os dias e em pequenas quantidades, sempre optando por produtos frescos e de melhor qualidade.

Cliente 2 – João

Compra sempre aos finais de semana. Gosta de fartura e costuma promover festas e reuniões aos fins de semana. Não se preocupa tanto com a qualidade dos produtos. Gosta de promoções e sempre que pode, compra “produtos casados”. Costuma comprar com cartões de crédito.

Próximo passo: Fidelizar o Cliente

A partir dessas definições, sua empresa pode se comunicar da maneira mais adequada com seus potenciais clientes, promovendo ações específicas para o atendimento de seus clientes, criando produtos e serviços específicos. E após essa definição, sua empresa deve buscar fidelizar seus clientes, gerando mais vendas e lucro para sua empresa.