Como organizar a Tesouraria de uma Igreja

TESOURARIA IGREJAEssa é uma questão que gera muitas dúvidas para pastores e tesoureiros: como organizar a tesouraria de uma Igreja. Ter uma estrutura financeira de uma Igreja organizada é fundamental não só para o cumprimento das obrigações perante os órgãos reguladores, mas também para que a Igreja possua uma vida financeira saudável, prevendo custos e se preparando para momentos difíceis de arrecadação dos seus recursos. Este artigo tem como objetivo:

  • Definir como organizar a Tesouraria de uma Igreja
  • As atribuições do Tesoureiro
  • O papel da contabilidade para as Igrejas
  • Disponibilizar uma planilha para Tesouraria de uma Igreja

Como organizar a Tesouraria de uma Igreja

Toda Igreja deve manter os cuidados com sua saúde financeira, o que permite e dá condições de planejar desde pequenos investimentos até grandes expansões, como compra de imóveis e construção do templo. Mas para que isso aconteça de forma sustentável e saudável, é necessário organização. Seguem algumas dicas sobre como organizar a tesouraria de uma Igreja:

Tenha controle sobre as dívidas da Igreja

O primeiro passo para organizar a tesouraria é ter conhecimento de todas as dívidas da Igreja. Com esses números organizados, o tesoureiro terá ideia de quão comprometido está o orçamento da Igreja. Organize as dívidas de acordo com suas datas de pagamento, destinando cada recurso arrecadado para o pagamento mais próximo. Isso elimina o risco de atrasar os pagamentos, eliminando custos de multas ou juros.

Pelo fato de lidar com valores variáveis, pois o valor arrecadado com dízimos e ofertas podem apresentar valores diferentes de um mês para outro, é importante levar em consideração os custos fixos em um período de 6 meses a um ano. Ter isso em mãos irá garantir que a vida financeira da Igreja esteja segura, pois o tesoureiro terá condições de controlar os gastos e se preparar para os próximos meses.

Mantenha os pagamentos em dia

Procure sempre efetuar os pagamentos em dia. Pagamentos feitos com atraso são prejudiciais a imagem da Igreja. Além disso, atrasos em pagamentos podem gerar cortes de serviços e acréscimos de multas e juros. Por isso, procure nunca perder prazos de pagamento, e se possível, efetue pagamentos adiantados, pois como mencionado acima, os valores de arrecadação de uma Igreja são variáveis, o que dificulta prever as arrecadações futuras.

Identifique o uso do dinheiro

Igrejas estão sempre passando por reformas e envolvidas em projetos sociais. Por isso, é fundamental identificar onde exatamente o dinheiro está sendo aplicado. Organize as despesas fixas e esteja preparado para elas, sempre separando os valores necessários para cada despesa. Após isso, faça um detalhamento dos gastos variáveis e defina o valor disponível para cada um deles.

Com todas as despesas fixas e variáveis listadas, fica mais fácil identificar os gastos desnecessários, ou até mesmo promover ações para arrecadar fundos para despesas emergenciais.

As atribuições de um Tesoureiro

O tesoureiro desempenha uma papel fundamental dentro da administração de uma Igreja, pois é dele a responsabilidade de desempenhar todas as tarefas listadas acima. Dentre as atribuições de um tesoureiro, destacam-se:

  • Controlar as entradas de Dízimos e Ofertas;
  • Escriturar o movimento financeiro mensal;
  • Apresentar relatórios financeiros juntamente com a documentação que comprova as operações;
  • Movimentar, em conjunto com o Presidente, as contas bancárias da Igreja;
  • Realizar pagamentos.

O Papel do Contabilidade para as Igrejas

O escritório de contabilidade possui papel fundamental na administração da Igreja. Possuir a ajuda de um contador capacitado, é garantia de estar bem orientado quanto as questões legais relacionadas a Igreja. Dentre as funções de um contador, se destacam:

  • Orientar sobre a constituição do Estatuto;
  • Registrar Estatuto e Ata;
  • Manter regularizada a parte contábil da Igreja;
  • Manter regularizadas as obrigações assessórias junto aos órgãos pertinentes.

Planilha para organização da Tesouraria

Por sabermos das dificuldades encontradas pelos tesoureiros, estamos disponibilizando de forma gratuita uma planilha que irá ajudar o tesoureiro a organizar a vida financeira da Igreja. Faça bom proveito!