Dicas de gestão para quem quer abrir uma nova empresa

automacao

Abrir uma empresa é sempre um desafio. E, justamente por ser tudo novo, muitas vezes os empreendedores se concentram apenas na ideia do negócio e acabam se esquecendo de que terão que administrar a empresa depois.

A gestão empresarial pode se transformar em algo bastante complexo quando o empreendedor não possui os conhecimentos necessários e não entende a importância de planejar e trabalhar de forma organizada e eficiente.

De acordo com pesquisas realizadas pelo Sebrae, no Brasil, apenas 75% das empresas sobrevivem o primeiro ano de atividade e, com o passar dos anos, esse índice cai drasticamente, chegando a apenas 25% após 5 anos de funcionamento.

Para realizar um bom trabalho de gestão, que possibilite o desenvolvimento sustentável da empresa, é preciso planejamento estratégico e financeiro, bastante organização e muita disciplina.

As micro e pequenas empresas que adotam padrões de gestão eficientes desde o início têm maior lucratividade, se endividam menos e conseguem investir mais em seus negócios, construindo um ciclo virtuoso no empreendimento.

Para ajudar os novos empreendedores existem algumas dicas importantes de temas que precisam de atenção constante.

Valide a sua ideia e seu modelo de negócio

A validação da ideia de negócio é uma etapa fundamental para começar bem a empresa, mas que muitas vezes é deixada de lado. Pular essa etapa é um enorme risco já que sem essa validação não há como saber se o seu produto será bem aceito pelos clientes, qual preço pode ser cobrado, etc.

Existem modelos bastante úteis para elaborar um plano de negócios vencedor. E, caso nesse processo de validação o resultado não seja o que você queria, não desista e não tenha medo de mudar completamente a estratégia, caso seja preciso. Melhor fazer isso sem que haja um grande investimento inicial.

Planeje seu negócio

Objetivos e metas são fundamentais para o crescimento de uma empresa. É importante traçar estratégias logo no início para alcançar os objetivos, considerando as informações de mercado, fornecedores e clientes.

É preciso criar planos de ação, definir responsabilidades, prazos e os recursos necessários para desenvolver as atividades, obtendo os resultados desejados.

Conheça o perfil dos seus clientes

Essa é mais uma etapa onde o “achismo” não é bem-vindo. O comportamento dos consumidores mudou bastante nos últimos anos e eles se tornaram muito mais exigentes.

Hoje não basta saber apenas questões demográficas como gênero e idade, mas sim é preciso entender suas preferências e necessidades, além dos hábitos do seu público-alvo.

Com essas informações é possível personalizar produtos e serviços e divulgá-los para as pessoas certas, no momento adequado.

Controle o desempenho da empresa

As metas e objetivos criados nas etapas anteriores precisam ser monitoradas constantemente para que seja analisado o desempenho da empresa e para realizar modificações e melhorias tão logo seja necessário.

Os indicadores a serem analisados devem contemplar as principais áreas da empresa, entre elas vendas, clientes, produção e, principalmente, finanças.

Não descuide das finanças

Infelizmente muitos empreendedores possuem uma vida financeira completamente desorganizada e transferem isso para os negócios, o que é terrível.

A organização é fundamental para ter as contas da empresa em dia e garantir que o empreendimento está realmente lucrando, caso contrário você pode se iludir com os altos números do faturamento, e não perceber o resultado ruim.

O primeiro passo para organizar as finanças é criar o fluxo de caixa da empresa, para controlar os valores que entram e saem, e fazer previsões futuras.

Essa tarefa pode ser realizada com planilhas ou até mesmo com um caderno específico, mas hoje já existe programa de controle financeiro de auxilia bastante o controle financeiro.

Os softwares de Gestão ERP online ajudam a organizar a empresa como um todo, integrando setores e organizando informações.

Com os módulos específicos integrados é possível realizar um controle eficiente do estoque de produtos, das vendas, das gerações de notas fiscais eletrônicas, dos cadastros de clientes e fornecedores, além de reunir todas as informações financeiras registradas e organizá-las através de um sistema de fluxo de caixa simples de ser compreendido e analisado.

Utilizar um software de Gestão Empresarial proporciona maior competitividade à empresa e facilita o acompanhamento dos resultados, fornecendo dados importantes para que o gestor avalie o desempenho do negócio e planeje o seu crescimento.

Quer abrir uma empresa?

Se você procura um escritório de contabilidade no Rio de JaneiroBelford RoxoMesquitaNova Iguaçu e São João de Meriti, não perca tempo!

Entre em contato conosco. Você terá todo o apoio para a realização desse sonho.