Como abrir um escritório de advocacia de sucesso

ESCRITORIO DE SUCESSOVida de advogado não é fácil. Faculdade, estágio e exame da OAB são alguns dos caminhos que todo advogado tem que percorrer. E para aqueles que possuem o empreendedorismo em suas veias, o próximo caminho é abrir seu próprio escritório de advocacia.

Porém, empreender não é fácil, ainda mais no Brasil! Por isso, planejar é essencial para se conseguir abrir um escritório de advocacia de sucesso. Pensando nisso, listamos algumas dicas que você precisa saber antes de tirar sua ideia do papel.

1. Planejamento para montar o escritório de advocacia de sucesso

O primeiro passo para se abrir um escritório de advocacia de sucesso é fazer um bom planejamento. Procure documentar tudo o que você pretende fazer. Monte um plano de negócios, descrevendo todas as estratégias, ferramentes e investimentos necessários para abrir seu escritório de advocacia. Fique atento a alguns detalhes importantes, como, por exemplo:

A – Localização do escritório

Pesquisar um bom local para abrir seu escritório deve ser um dos seus primeiros passos, pois todas as outras decisões girarão em torno da escolha do local. Procure um local de fácil acesso e com boa visibilidade para o público. Centros comerciais como shoppings, galerias e calçadões também são uma ótima opção, pois possuem um grande fluxo de pessoas.

B – Colaboradores necessários

No início, é sempre complicado encontrar um bom colaborador, pois alguém com experiência com certeza irá gerar um custo maior com salários e benefícios. Caso você não tenha condições para altos investimentos, o ideal é que contrate alguém e faça um bom treinamento.

Para redução de custos, você pode contratar com uma escala de trabalho reduzida. Mas para isso, você precisa estar disponível para atendimento no momento em que seu colaborador não esteja no escritório, pois você corre o risco de perder clientes.

C – Seu público-alvo

Todo negócio, possui um público alvo específico. E com escritórios de advocacia não é diferente. Defina qual será o seu público e trace estratégias para alcançá-lo. Neste ponto, é importante você definir com que segmentos irá trabalhar: família, trabalhista, penal, etc.

D – Divulgação do seu escritório

Hoje a melhor forma de divulgação é a internet, pois você pode ser encontrado por quem precisa dos seus serviços, diferentemente de quando você distribui material gráfico nas ruas, quando as pessoas muitas das vezes nem dão a atenção para o anúncio.

A melhor forma de divulgar seu escritório na internet é produzindo conteúdos que ajudam seu público alvo. Com isso, você se torna autoridade no assunto abordado e a chance de ser procurado é muito maior do que através da panfletagem, pois quem está pesquisando pelo assunto possivelmente precisa de um advogado.

Também é muito importante que seu escritório possua letreiros ou placas de indicação. Parece ser algo simples, mas faz toda a diferença.

Outra forma de divulgação interessante é participar de eventos e ministrar palestras sobre assuntos que estão relacionados seu segmento. Para isso, você pode buscar parcerias com associações e sindicatos, por exemplo.

2. O investimento necessário para o escritório de advocacia

Após a montagem de um plano de negócios, o advogado já pode ter uma visão dos valores necessários para que o escritório seja montado. E isso já é meio caminho andando para saber como abrir um escritório de advocacia de sucesso.

O próximo passo é escolher o local. Com essa definição, o advogado deve partir para a compra dos móveis e dos equipamentos utilizados, como computadores e impressoras, além de softwares para gestão.

Caso você não queira montar uma estrutura própria, arcando com custos como aluguel e decoração, você pode buscar uma estrutura mais barata, como um escritório compartilhado. Esses escritórios são conhecidos como Coworkings. Eles oferecem toda a estrutura necessária para o funcionamento de uma empresa, como salas para reuniões e secretária. Vale a pena pesquisar!

3. A importância do Capital de giro para o escritório de advocacia

Além dos investimentos para a abertura do escritório, você irá precisar de um capital de giro para manter as despesas do escritório em dia, principalmente no início, quando ainda não terá uma receita previsível.

É de extrema importância que você se prepare para esta etapa, pois você deve se preocupar em fazer com que o seu escritório cresça, e fazer isso com as contas atrasadas é extremamente complicado. Por isso, faça um levantamento de todo o seu custo fixo mensal e, se possível, separe uma parte para despesas inesperadas, como defeitos em equipamentos, por exemplo.

Planejamento é essencial para começar um novo negócio, principalmente em um mercado extremamente complexo como o de advocacia.

Sugerimos que você dê uma olhada em nosso GUIA COMPLETO – COMO ABRIR UMA SOCIEDADE UNIPESSOAL DE ADVOCACIA. Nele, você encontra tudo o que precisa para começar!